Quimioterapia

Chama-se de "quimioterapia antineoplásica" o tratamento com a utilização de medicamentos cuja função é atuar nas células dos tumores, visando destruí-las, ou impedindo seu desenvolvimento, ou aliviando os sintomas causados pelo crescimento tumoral. A quimioterapia pode ser indicada antes ou após uma cirurgia, ou ainda isoladamente, sem que haja indicação cirúrgica. Pode, ainda, ser feita em conjunto com outros tipos de tratamento, como radioterapia e a imunoterapia. A indicação do tipo de tratamento a ser feito depende de vários fatores, como o tipo de tumor, localização e estágio da doença.

O tratamento quimioterápico é planejado, entre outros aspéctos, de acordo com o tipo de tumor e o estágio da doença. A partir destes dados são definitos os tipos de medicamentos e doses a serem utilizadas. As aplicações podem ser diárias, semanais, mensais, obedecendo aos intervalos programados pelo médico. Durante o período de tratamento é feito um acompanhamento das condições do organismo através de injeções intramusculares, mais  raramente. Para tratamentos injetáveis, na maioria das vezes não é preciso que o paciente fique internado para receber a infusão dos medicamentos. No Radium, ela é feita numa sala especial, dentro do próprio ambulatório onde são feitas as consultas com o o médico oncologista. Assim, a administração dos medicamentos quimioterápicos e adjuvantes é feita em ampla sala com ar condicionado e poltronas confortáveis, tendo acompanhamento de equipe multidisciplinar, envolvendo médico oncologista, enfermeiros, técnicos de enfermagem e farmacêutico.